29 de jan de 2015

Ninho

a aranha tece a teia
por assim ser seu caminho

tem humano que vive numa teia
mas ainda insiste em ser tão sozinho

em teia tentamos como aranha
um caminho reto, contrário ao da vida

múltiplo, espaçado, milimetricamente inpensado
e diferente de ambos
é o voo do passarinho

mais alto, mais reto, mais rápido
é o voo do homem
que corta o mundo visto da escotilha

tem humano que caminha voando
como um estranho dentro do próprio jatinho

Toni Caldas

Nenhum comentário:

Postar um comentário